Iconografia do Rio de Janeiro à época da sua fundação

Organização: Paulo Cezar Bastos
Autor: Paulo Cezar Bastos e Pedro van Erven
Formato: 36 páginas, 18 x 21 cm

Como era o local onde foi fundada, em 1565, a cidade do Rio de Janeiro? Esse foi o desafio que o pesquisador Paulo Bastos Cezar e o ilustrador designer gráfico Pedro Van Erven encontraram durante os dois anos em que se debruçaram sobre o assunto. O resultado foi extremamente bem-sucedido e culminou na exposição “Rio de Janeiro 450, a fundação da cidade e seus marcos históricos”, e em um vídeo 3D, que esteve no Museu Histórico Nacional (RJ) no fim de 2015 e início de 2016 – no contexto das comemorações dos 450 anos da fundação da cidade do Rio de Janeiro. Com base nas imagens pesquisadas, foi construído um modelo 3D que retrata a baía da Guanabara e a situação dos índios tamoios, colonizadores franceses e portugueses no início da ocupação europeia das Américas. Agora, todo esse conteúdo poderá ser encontrado no livro Iconografia do Rio de Janeiro à época da sua fundação.

O catálogo reúne mapas, gravuras e manuscritos datados do século XVI, conservados em arquivos históricos do Brasil, França e Portugal. Foram compilados também os relatos deixados pelos cronistas da época e as pesquisas posteriores como Francisco Varnhagen, Capistrano de Abreu, Armando Cortesão, Gilberto Ferrez, Carl Vieira de Mello, Maurício de Almeida Abreu e Joaquim Veríssimo Serrão, entre outros. A obra traz uma síntese da contribuição desses autores, e as imagens que as ilustram.

Essa iconografia serviu como fonte para a elaboração de panoramas 3D (maquete digital) do território onde estão hoje os bairros do Centro, Zona Sul (até o Leblon) e Zona Norte (até São Cristóvão), incluindo a Serra da Carioca. Para reconstruir a geografia do século XVI, antes dos aterros e desmontes que alteraram a paisagem, adotou-se o que sugere o “Atlas da evolução urbana da cidade do Rio de Janeiro” de Eduardo Canabrava, e também imagens aéreas de regiões próximas que permaneceram preservadas. Por fim, são sugeridas as formas de algumas edificações pioneiras.

Todo o trabalho da pesquisa está disponível para consulta em imagens da fundação do Rio, sob as regras do Creative Commons.

Patrocínio:
Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Hope Serviços, Grupo BBM

Compartilhar